se podemos perdoar tudo?

09cp0004

Quando um filósofo escreve bem, podemos perdoar-lhe tudo até mesmo ser um filósofo analítico.

Gian-Carlo Rota, Indiscrete  thoughts.

a respeito de Ontological Relativity de W. V. Quine (1966)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s