a um ministro

Pensa!

Puxa pela cabeça!

Foram os conselhos que lhe deram.

 

Finalmente

pendurado pelo pescoço

na forca

que engendrou pensando

 

já não pensa.

 

Só puxa pela cabeça!

 

© Arsélio Martins,

pelos 40 anos de vida